adoção de cachorro

Adotou um cachorro de rua? Saiba os cuidados que você precisa ter

A adoção de cachorro envolve muitas variáveis que garantem a saúde e o conforto do seu bichinho

Graças a iniciativa de petshops organizarem feiras de adoção, o número de animais nas ruas tem reduzido gradativamente. Mas é importante ressaltar que os gastos e o tempo que essa responsabilidade exige devem ser considerados. Por isso, conheça os cuidados básicos que garantirão a saúde do seu pet e que você não deve deixar de lado.

Veterinário

Logo após a adoção de cachorro, é recomendada uma visita ao veterinário. Por ter passado muito tempo sem um dono manter a limpeza e alimentação, as chances de que ele tenha algum problema de saúde são altas. Os problemas mais comuns costumam ser pulgas, piolhos, carrapatos e desnutrição.

O veterinário verificará a situação do seu pet e lhe passará todos os remédios que forem necessários. Além disso, você pode pedir por mais informações, como a idade aproximada do cão.

Vacinação

Mesmo com a adoção de cachorro adulto, você precisará garantir a vacinação. Você pode pedir mais detalhes para o veterinário, mas em resumo, serão três doses da vacina V10, que protege das principais doenças em cães domésticos, e uma dose de vacina contra a raiva. Cada uma delas custa por volta de R$50.

Vermifugação

Peça por exames para verificar como está a situação do seu animal em relação aos vermes, para que o veterinário indique o tratamento correto. Cães de rua costumam beber água contaminada e mexer no lixo, condições que agravam consideravelmente as possibilidades de que ele contraia um verme.

Parasitas

Os parasitas, pulgas e carrapatos também são um inferno na vida da maioria dos tutores. Então, ao resgatar seu amiguinho, procure um bom anticarrapaticida.

Outra consideração é que você deve perceber o tipo de pelugem do seu pet. Alguns cães de pelo longo podem precisar de tosa, já que, quando não são escovados, criam complicados nós e facilitam as infestações.

Saúde bucal

A saúde bucal também é outro aspecto que precisa da sua atenção. Se esse pet for mais velho, talvez seja necessária uma avaliação da saúde do periodonto e a integridade dos dentes em função da halitose que rapidamente pode se instalar.

Castração

A castração de animais é o jeito mais eficaz de reduzir o número de cães nas ruas. Então, para combater essa realidade, procure castrar o seu cãozinho assim que possível. Você garante a saúde dele e não contribui para o aumento dos animais de forma desenfreada.

Adaptação

O animal não está acostumado com a sua rotina e nem a receber cuidados, então é necessária muita paciência nesse período de adaptação. Mostre a ele os locais para descanso, alimentação e para as necessidades fisiológicas. No início é provável que haja algum problema, mas você deve entender que o bichinho está tentando se adaptar a uma nova realidade.

Para lidar com possíveis problemas, leia nosso artigo sobre como agir diante de um comportamento destrutivo dos animais.

Você já adotou algum cachorro ou conhece alguém que tomou essa decisão? Conte-nos essa história.

Por favor, siga-nos e curta-nos
0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *