Vira-lata

5 razões para adotar um vira-lata (SRD)

Uma atitude que pode reduzir consideravelmente o número de cachorros nas ruas.

Adotar um vira-lata é uma forma de contribuir para que os criadouros de animais, lugares que promovem a reprodução de cachorros de raça em quantidades quase industriais, percam força. Além disso, você também salva a vida de animais que estão acostumados com condições precárias.

Atualmente, estima-se que existam 20 milhões de cães abandonados no Brasil, segundo a Organização Mundial de Saúde. Esses animais costumam viver dois anos, o que é uma longevidade muito baixa, já que cães têm uma estimativa de vida de 10 a 15 anos. Ou seja, a situação é crítica e merece total atenção não só por parte das autoridades, mas também da população.

Sabendo desse triste quadro, hoje trazemos para você cinco razões para adotar um vira-lata. Assim, ficará claro como a essa adoção pode beneficiar o animal e o seu futuro dono.

1. Custo inicial baixo

Os cães de raça pura costumam ter um preço muito elevado, por exemplo, um filhote de beagle pode custar de 2000 a 5000 reais. No entanto, você pode encontrar um vira-lata em feiras de adoção e, em alguns casos, poupar certa quantia, se ele já for castrado.

Só é importante que você leve o cãozinho no veterinário para um check up. Lá ele poderá fornecer não só informações sobre o estado de saúde do animal, mas também estimar uma idade aproximada para ele.  

2. Imunidade mais resistente

Entraremos um pouco em biologia nesse momento. É verdade que as raças puras possuem uma tendência em desenvolver determinadas doenças. Isso acontece porque lá traz, para garantir essa pureza genética, foram realizados cruzamentos entre membros próximos da família.

Em contrapartida, o vira-lata é uma mistura de diversas raças. Essa variabilidade genética os torna mais adaptáveis às dinâmicas e dificuldades que a natureza a sua volta lhes apresenta, sendo mais capazes de sobreviver a doenças e mudanças bruscas do ambiente.

3. Não precisa adotar um filhote

Apesar de muito fofos, filhotes demandam muita atenção nos primeiros seis meses. No caso da adoção de um vira-lata, você tem a possibilidade de escolher a idade do cachorro que mais se adéqua as suas condições.

É bom lembrar que os cães adultos são os que mais sofrem nesse momento, pois as pessoas preferem os mais jovens. Por isso, considere em fazer o bem para um pet que já viveu boa parte da sua vida sem carinho e atenção.

4. Estará resgatando uma vida

Como dissemos, o número de cães nas ruas é extremamente alto. Os abrigos tentam recolher o máximo que podem, mas contam com recursos e espaços limitados. Quando você adota um animalzinho você não só ajuda a reduzir o número nos abrigos, como também oferece uma condição de vida melhor para ele.

5. Gratidão

Muitas vezes nos questionamos se os cães são capazes de entender as situações. A adoção de um vira-lata mostra que sim, pois eles retribuem todo o carinho e atenção oferecidos de uma forma muito sincera e intensa. Antes acostumados com o descaso, agora eles podem receber o amor que todo animalzinho deveria vivenciar diariamente.

Gostou dessa matéria? Deixe-nos um comentário.

Por favor, siga-nos e curta-nos
0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *