marketing de pet shop

Saiba qual é a melhor rede social para o marketing do pet shop

Qual é o empresário que não quer ver seu negócio crescer, não é mesmo? Nesse sentido, não adianta somente dispor de produtos e serviços de qualidade. Afinal, é preciso abastecer o estoque com estratégia, contar com produtos rentáveis e inovadores e caprichar no atendimento. Acontece, porém, que de nada adiantará pôr em prática tudo isso se você não investir com força no marketing do pet shop.

Nesse quadro, as redes sociais têm um efeito muito positivo e com excelente custo-benefício. Afinal, você consegue falar com diferentes tipos de públicos, em vários formatos de linguagem, sem gastar muito.

Além disso, o comportamento dos consumidores em suas páginas pode servir de base para tomar decisões. Isso porque é simples extrair relatórios estatísticos com informações valiosas nesse tipo de mídia. Quer saber mais? Então veja neste post o que cada app tem a oferecer para o marketing do pet shop. Confira! 

Facebook

Uma das grandes vantagens do Facebook é o número de usuários, que no Brasil já ultrapassa os 127 milhões. Além disso, esse canal permite publicar textos, fotos, artes digitais, emojis e vídeos.

Mais um ganho relevante é a possibilidade de patrocinar as postagens da sua pet store, o que eleva muito rapidamente a quantidade de visualizações e interações com o comércio. Por isso, o Face é também um imã para atrair seus clientes para o site e o blog da loja.

Outro bom motivo para apostar na empresa de Zuckerberg é que essa rede, a cada dia, ganha mais adeptos da causa pet. Afinal, basta seguir uma ou duas ONGs para descobrir como esse meio de comunicação tem sido palco para denúncias de maus-tratos contra os animais.

Instagram

O Instagram tem forte apelo visual e, por essa razão, pode ser uma ótima escolha para o marketing do pet shop. Famosa pelo fato de ser voltada a imagens, essa rede social é muito indicada para aproveitar o lado fofo desses nossos amiguinhos, que encantam o público de todas as idades.

Uma ideia interessante é criar uma sessão de fotos de antes e depois no seu departamento de banho e tosa. Como os donos são loucos por seus animaizinhos, é quase certo que eles vão interagir em suas publicações.

Afora isso, uma boa forma de divulgação no Insta são os stories, recurso muito popular nesse app. Esses vídeos de curta duração são apagados automaticamente depois de 24 horas.

Por isso, a dica é gravar de vez em quando a própria movimentação da loja ou em alguma feira ou evento reais. Não invista em produções demoradas, caras e complexas porque esses filmes são praticamente descartáveis. Eles podem, porém, chamar muita atenção. Quando os protagonistas são os charmosos pets, a boa repercussão é garantida.

WhatsApp

O WhatsApp também é um excelente caminho para as ações publicitárias no mercado pet. Atualmente, quase todo mundo é usuário dessa rede.

Um ponto importante desse app é que, em boa parte dos planos de operadoras, a utilização do Whats não consome os créditos de internet dos celulares. Assim, as pessoas não ficam restritas às áreas com acesso Wi-Fi para entrar nessa ferramenta. Outra coisa: ao gastar a internet 4G de seus consumidores com propaganda, você corre mais risco de deixá-los incomodados.

Devido à chance de falar diretamente com os interlocutores, você pode fazer campanhas para aumentar as vendas em períodos sazonais nessa ferramenta. Quem sabe uma promoção no Natal? Ou então na Páscoa? Por que não no Dia das Crianças? Isso seria bem natural, uma vez que muitos tutores tratam seus animais domésticos como filhos. Sem contar que o público infantil costuma amar os bichos de estimação.

YouTube

Também pode fazer muita diferença no marketing do pet shop ter um canal no YouTube. Ele é muito indicado para abordar pessoas que ainda não são seus clientes.

Nesse aplicativo, uma boa sugestão é investir nos famosos tutoriais, que são filmagens que ensinam a fazer algo. Você pode publicar produções audiovisuais educativas sobre os riscos de não vacinar ou sobre como impedir o rompimento de pontos após uma cirurgia.

Quem trabalha com aniversário pet, por exemplo, pode apostar nos vídeo Ad’s. Nessas gravações breves, você pode redirecionar as pessoas para outros ambientes da internet.

Omnichanel

Uma das grandes tendências de vendas do marketing do pet shop é se tornar um negócio omnichannel. Isso significa disponibilizar diversos canais online para se comunicar com seu público e fazê-los, de fato, meios para efetuar compras. Afora a presença em várias redes sociais, para ser omnichannel, a marca precisa garantir que haja sincronia entre todas elas.

Ou seja, a pessoa entra no Face e de lá acessa seu Instagram, onde, por sua vez, encontrará o número do WhatsApp e assim por diante. Mais um lembrete: não adianta apostar pesado na propaganda sem garantir serviços e produtos de qualidade. Do contrário, as redes sociais podem ter um efeito reverso, isto é, elas são capazes de causar muita dor de cabeça.

Como você já deve ter percebido, as redes sociais são grandes aliadas do marketing do pet shop. Afinal, você divulga promoções, segmenta seu público, expõe suas novidades, entre tantas outras recompensas.

E aí? O que achou do nosso post? Tem interesse em expandir seus lucros? Então leia também Como aumentar as vendas no pet shop!

 

Por favor, siga-nos e curta-nos
0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *