abrir um pet shop

Como abrir um pet shop com pouco dinheiro

Que o setor pet avança no Brasil cada vez mais já não é mais nenhuma novidade, não é mesmo? Aliás, no ano passado, o país se tornou o segundo maior mercado consumidor desse segmento.

Nesse cenário, muitos empreendedores querem seguir por essa promissora linha de negócios. Mas aí vem aquela dúvida: dá para abrir um pet shop com pouco dinheiro?

Sim, isso é perfeitamente possível. Afinal, diante da alta demanda, ainda há muito espaço para novos empreendimentos. E como fazer na prática? Bem, você vai precisar de um pouco de criatividade e bastante organização.

Quer aproveitar uma fatia desse próspero campo comercial? Que tal descobrir como entrar nesse ramo sem grandes riscos? Então veja neste post nossas dicas sensacionais para abrir um pet shop sem gastar muito. Venha com a gente!

Ache um local com aluguel barato e boa demanda

Você sabe bem que nos negócios não tem magia. A locação do imóvel certamente estará no topo das suas principais despesas. Por isso, você vai ter que perder algum tempo e energia para achar o lugar ideal para o seu pet shop.

Se não tem a intenção de aplicar muito dinheiro, não adianta querer inaugurar em um shopping ou em uma via pública nobre. Por isso, nosso conselho é estudar os bairros mais afastados do centro de sua cidade.

Pode ter certeza que muitos municípios estão em franco crescimento populacional, principalmente em regiões metropolitanas. São lugares com intenso fluxo de pessoas, geralmente residenciais, nos quais o comércio ainda não é muito forte.

Procure incansavelmente até achar uma sede com este perfil: locação em conta, movimentação acentuada e pouca ou nenhuma concorrência.

Não dê um passo maior do que as pernas

Para abrir um pet shop com pouco dinheiro, o ideal é iniciar com um estabelecimento de pequeno porte. Desse modo, é preferível começar devagar e avançar gradualmente do que o contrário. Senão, você corre o risco de ter de baixar as portas no meio do caminho.

Realize estudos de demanda durante seu primeiro mês de operação. Assim, você vai conseguir planejar melhor as compras seguintes. Além disso, lembre-se de que nem sempre é preciso dinheiro para chamar a atenção. Pequenas medidas criativas fazem muita diferença.

Você pode, por exemplo, montar uma pequena cantina pet friendly com alguns salgados e bebidas para as pessoas.

Assim, os donos podem comer e conversar enquanto esperam seus animais tomarem banho ou passarem pela tosa. Nesse ambiente, venda ração a granel e tenha tigelas com comida e água para os amigos de quatro patas.

Dessa forma, os tutores ganham mais do que mercadorias e serviços de qualidade: passam por uma experiência incrível que não se encontra em qualquer lugar. Ou seja, vão poder comer fora ao lado de seus tão queridos amigos peludos sem nenhuma preocupação.

Abasteça o estoque com estratégia

Outra providência crucial para abrir um pet shop com pouco dinheiro é fazer uma gestão do estoque eficiente. Com esse gerenciamento, você compra em conformidade com o giro de vendas.

Assim, seu fluxo de caixa entra em um ritmo positivo mais rápido e você corre menos riscos de ficar com mercadoria encalhada.

Mais um conselho: pesquise em livros de pet shop sobre a experiência de outros empresários. Desse jeito, será possível aprender com os erros alheios, isto é, sem ter que ficar batendo cabeça.

Nesse ramo, uma coisa é certa: banho e tosa são muito procurados. Por isso, capriche na compra de equipamentos, acessórios e itens de limpeza atrelados a esses serviços.

Ração e medicamentos também não podem faltar. Além disso, para economizar nos gastos, você pode dispensar o veterinário, desde que não ofereça consultas, cirurgias, vacinação nem atendimentos emergenciais médicos.

Esses procedimentos são exclusivos para os profissionais especialistas e habilitados. Mas fora da vertente veterinária ainda sobram muitas chances para crescer.

Escolha fornecedores com itens exclusivos

Uma outra maneira de abrir um pet shop com pouco dinheiro é encontrar fornecedores com produtos diferenciados, que garantam mais bem-estar para os bichinhos. Afinal, cada vez mais os donos tratam seus animais como integrantes da família.

Nesse contexto, se você tiver mercadorias que proporcionem vivências memoráveis, vai ficar mais fácil se destacar da concorrência.

Desse modo, será possível pôr as engrenagens de vendas para rodarem com mais rápido. Assim, uma parte dos recursos financeiros que você reservou como capital de giro será economizada.

Isso porque a verba que entrar poderá ser aplicada para cobrir suas despesas. Quer ver exemplos de itens especiais para manter em seu estoque? Então vamos lá!

Portões e acessórios

Portões que restringem a área de circulação dos pets são bastante procurados pelos consumidores. Afinal, muitas pessoas trabalham o dia todo e deixar os animais em segurança é uma grande preocupação.

Há itens no mercado que vêm até com extensores para ampliar a área de atuação. Esses dispositivos contam com travas para que crianças não o abram intencionalmente.

Mais um benefício é que eles podem ser instalados sem a necessidade de perfurar portas e paredes. Além disso, é possível abrir dos dois lados.

Comedouros suspensos

Mais um produto chamativo e atraente são os comedores suspensos com regulagem de altura. Com eles, a alimentação do pet fica bem mais confortável, já que ele não terá que abaixar a cabeça para fazer as refeições.

Alguns modelos contam até com sistema antiformiga. Trata-se de recipientes acoplados à base do equipamento para depositar líquidos. Assim, esses insetos não chegam até a ração,um grande diferencial para proporcionar aos clientes.

Comedouros para felinos

Muita gente não sabe, mas dar a comida para um bichano em tigelas comuns pode deixá-lo estressado. Isso acontece porque os bigodes de gato esbarram nas laterais da vasilha, causando incômodo e irritação.

Com comedouros específicos para felinos, em formato côncavo, a comida não sai do centro do potinho. Assim, seus consumidores vão conseguir proporcionar refeições mais agradáveis para esses animais.

Pet Stop

Outro item interessante para ter na sua loja é o pet stop, outro produto que não se encontra em qualquer estabelecimento. Na verdade, ele funciona como uma espécie de saca-rolhas para prender no chão e amarrar a coleira do amiguinho durante os passeios.

Esse utensílio pode ser transportado para a praia, parques e casas de campo,uma vez que é bem leve. Assim, seus clientes podem descansar enquanto leem um livro ou apreciam a paisagem sem se preocupar de o animal se perder.

Para os consumidores que não gostam de deixar a circulação dos bichinhos muito limitada, você pode dar o seguinte conselho: basta colocar uma coleira longa. Desse modo, o pet ganha bastante espaço para se movimentar, mas sem sair do lado de seus donos.

Abrir um pet shop com pouco dinheiro, portanto, não é uma missão impossível. Afinal, esse ramo conta com muito potencial de retorno e ainda existem áreas com déficit de produtos e serviços pet. Assim, você aplica seus recursos financeiros sem correr muito risco.

Quer saber mais sobre como se dar bem no mercado de animais domésticos? É muito simples: leia também o post como inovar no pet shop!

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert
Por favor, siga-nos e curta-nos
0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *