Cachorrinho fofo sentado na mesa, observando um prato de ração

Ração para filhotes trazem inúmeros benefícios! Veja quais!

Uma alimentação balanceada é um direito de todos os animais. Por isso, é sempre tempo de recordar a importância de uma nutrição de qualidade. Quem trabalha no mercado pet deve redobrar a atenção para oferecer aos tutores as devidas orientações. Nesse sentido, nunca é demais lembrar os benefícios da ração para filhotes.

Com a comida pertinente à idade do cão ou do gatinho, é viável evitar diversos problemas de saúde. Desse modo, o pet fica livre de obesidade, de déficit de nutrientes ou mesmo de complicações cardíacas e renais, entre outras enfermidades.

No caso dos mascotes, isso é ainda mais crucial porque eles estão em fase de desenvolvimento. Geralmente, entre a 6ª e 8ª semanas de vida, esses bebês peludos deixam de mamar e passam a ingerir alimentos sólidos.

Por essa razão, nesse período, os donos devem observar se o pet apresenta sinais como diarreia.

No passado, era corriqueiro receitar suplementos de vitaminas para os cachorrinhos com menos de um ano. Contudo, com o avanço da indústria pet, a ração para filhotes ficou mais equilibrada e nutritiva. Assim, oferecer o alimento industrializado e o suplemento juntos se tornou um risco. Afinal, os bichos podem ficar obesos.

Por outro lado, os cães novinhos, quando alimentados com produtos de adultos, correm o risco de ficar com o nível de nutrientes muito baixo. Por tudo isso, preparamos um post para você argumentar com os donos de animais sobre as vantagens da ração para filhotes. Quer saber mais sobre esse tema? Então é só seguir a leitura!

Nutrientes na medida certa

A ração para filhotes específica é indispensável para o crescimento saudável do corpo.

Afinal, nessa etapa da vida, os bichinhos são extremamente agitados. Por esse motivo, eles necessitam de mais energia, uma vez que gastam calorias em excesso.

Desse modo, os cães mais jovenzinhos dependem de uma quantidade maior de substâncias do que os adultos.

Com a ração para filhotes, articulações, músculos e ossos crescem mais fortes e saudáveis. Isso porque a comida industrializada traz os componentes essenciais para cachorrinhos bebês: minerais, vitaminas, proteínas, carboidratos etc.

Por outro lado, na maturidade, o cão não deve comer a ração para filhotes. Desse modo, evita-se que ele se torne obeso por ingerir energia em excesso. Mas quando é que um cachorrinho vira “gente grande”?

Bom, isso vai depender do porte. Por exemplo: cães de raças pequenas deixam a infância entre os 10 e 12 meses. Já os animais de raças com tamanho mediano alcançam essa marca a partir de 1 ano e 6 meses. No entanto, pets de porte gigante podem se tornar adultos apenas após os dois anos.

Portanto, um cão mais desenvolvido que for submetido à dieta de filhotes corre o risco de ficar acima do peso. Isso sem contar outras doenças que costumam aparecer junto com as gordurinhas extras: complicações respiratórias, no coração e até ortopédicas.

Diante disso, é bom sempre conscientizar as pessoas sobre a relevância da ração correta para cada faixa etária, peso e raça.

Grãos apropriados para as boquinhas pequenas

Outro benefício da ração para filhotes é o tamanho dos grãos, que são menorzinhos em comparação com outros tipos. Assim, o mascote consegue mastigar sem nenhuma dificuldade, já que nessa fase ele ainda tem a boquinha pequena.

Por outro lado, a comida de adulto pode ter uma dimensão incompatível com os dentinhos, que ainda estão em formação nesse período. Aliás, quando os dentes estão para sair da gengiva, os cães destroem tudo aquilo que veem pela frente.

Fortalecimento dos ossos

A ração para filhotes tem ainda um papel de protagonismo no fortalecimento dos ossos. Afinal, nesse estágio da vida, os pequenos pets precisam de cálcio e de fósforo em quantidades balanceadas.

Assim, o alimento industrializadotraz esses dois componentes em doses equilibradas. Como resultado, o cachorrinho cresce com dentes mais resistentes e articulações mais fortes. Desse modo, com certeza você vai conseguir assegurar o bem-estar do animal.

Facilidade no desmame

Com a ração para filhotes, é possível mesclar comida molhada e seca sem nenhuma dor de cabeça em relação ao equilíbrio dos nutrientes. Desse jeito, o pet tem acesso a uma alimentação saudável enquanto continua mamando.

Isso facilita o processo de transição, que deve levar pelo menos uma semana. Como resultado, dá para impedir as ocorrências de diarreia, que dificultam a absorção das substâncias contidas na comida.

Como você já deve ter percebido, a ração para filhotes é indispensável para os nossos bebês peludos. Com a comida adequada, o mascote vai crescer com muita saúde e encher a sua vida de alegria. Que tal saber mais sobre os pets nessa idade? Então leia também nosso post Por que os filhotes roem as coisas!

Por favor, siga-nos e curta-nos
0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *