Ambiente de pet shop com corredores organizados com produtos para aumentar as vendas

Alavancar as vendas é possível com a simples organização dos produtos!

Quer alavancar as vendas, mas acha isso impraticável por causa da falta de recursos? Então este post é para você! Deixar as mercadorias mais bem arranjadas e usar a estratégia de marketing na disposição de seus itens pode ser o que está faltando para turbinar seu negócio.

Você já escutou a expressão “as pessoas comem com os olhos”? Não é nada diferente com os clientes de pet shop. Por esse motivo, ao manter suas mercadorias bem ordenadas e de uma forma mais atraente, é bem provável que o resultado financeiro melhore.

Mas sabe o que é o melhor disso? São medidas simples, rápidas de se pôr em prática e com baixíssimo custo. Não, não é magia! Trata-se de providências muito singelas que fazem toda a diferença.

Por exemplo: expor os campeões de venda destacados no fundo da loja, colocar ilhas coloridas para apresentar os produtos novos e etiquetar com números bem grandes os preços promocionais.

Quer saber como a organização da loja pode influenciar no seu desempenho e ajudar a alavancar as vendas? Então confira as dicas deste artigo e seja um líder no mercado pet!

Ler mais
Por favor, siga-nos e curta-nos
0
Cachorro vira lata sendo abraçado pela sua dona

Adoção de pets aumenta a movimentação em pet shops. Veja por quê!

Infelizmente, para quem ama os amigos de quatro patas, as estatísticas brasileiras não são nada positivas. Prepare-se porque é de cortar o coração: uma pesquisa concluída em 2015 apontou a existência de 30 milhões de animais abandonados nas ruas, jogados à própria sorte. Atualmente, quatro anos depois, esses dados devem ser ainda piores. A boa notícia é que você pode ajudar e, ao mesmo tempo, crescer na sua profissão. Afinal, eventos de adoção de pets são muito úteis para impulsionar as vendas de um pet shop.

Além disso, essas feiras de apadrinhamento de bichos de estimação certamente vão trazer uma satisfação pessoal. Isso porque será a chance de salvar muitos amigos peludos de doenças, atropelamentos e agressões. Ficou com vontade de saber mais? Então veja neste post dicas incríveis sobre os benefícios da adoção de pets! Confira!

Ler mais
Por favor, siga-nos e curta-nos
0
Cachorrinho fofo sentado na mesa, observando um prato de ração

Ração para filhotes trazem inúmeros benefícios! Veja quais!

Uma alimentação balanceada é um direito de todos os animais. Por isso, é sempre tempo de recordar a importância de uma nutrição de qualidade. Quem trabalha no mercado pet deve redobrar a atenção para oferecer aos tutores as devidas orientações. Nesse sentido, nunca é demais lembrar os benefícios da ração para filhotes.

Com a comida pertinente à idade do cão ou do gatinho, é viável evitar diversos problemas de saúde. Desse modo, o pet fica livre de obesidade, de déficit de nutrientes ou mesmo de complicações cardíacas e renais, entre outras enfermidades.

No caso dos mascotes, isso é ainda mais crucial porque eles estão em fase de desenvolvimento. Geralmente, entre a 6ª e 8ª semanas de vida, esses bebês peludos deixam de mamar e passam a ingerir alimentos sólidos.

Por essa razão, nesse período, os donos devem observar se o pet apresenta sinais como diarreia.

No passado, era corriqueiro receitar suplementos de vitaminas para os cachorrinhos com menos de um ano. Contudo, com o avanço da indústria pet, a ração para filhotes ficou mais equilibrada e nutritiva. Assim, oferecer o alimento industrializado e o suplemento juntos se tornou um risco. Afinal, os bichos podem ficar obesos.

Por outro lado, os cães novinhos, quando alimentados com produtos de adultos, correm o risco de ficar com o nível de nutrientes muito baixo. Por tudo isso, preparamos um post para você argumentar com os donos de animais sobre as vantagens da ração para filhotes. Quer saber mais sobre esse tema? Então é só seguir a leitura!

Ler mais
Por favor, siga-nos e curta-nos
0
Cachorro doente com bolsa de gelo na cabeça

Gripe canina: saiba como identificar

Causada pelo vírus influenza A, a gripe canina pode realmente deixar nossos cãezinhos derrubados. Embora não seja grave, essa doença provoca muitos incômodos no pet. Além disso, ela é altamente transmissível entre os animais.

Por esse motivo, é sempre bom prestar atenção em quais são os sintomas e o que fazer para evitar. Da mesma forma que acontece com os humanos, o sistema imunológico de cada cachorro define se ele será afetado.

Por essa razão, nos meses mais frios, bem como nos mais chuvosos,mais chance de essa enfermidade aparecer. Climas assim fazem as defesas do corpo caírem.

Diante dessa fragilização, mesmo não sendo muito perigosa, a gripe canina pode abrir portas para outras doenças. Assim, o cão corre risco de pneumonia, entre outras complicações. Além disso, quem tem filhotes e cachorrinhos mais velhos deve redobrar os cuidados. Nessas fases da vida, eles ficam mais expostos.

Um dos principais sintomas é a tosse, mas há casos de contaminação que não provocam alterações perceptíveis. Desse modo, providencie o socorro veterinário se o cachorro mudar o comportamento ou apresentar evidências da gripe canina. Quer saber mais sobre o assunto? Então acompanhe nosso post!

Ler mais
Por favor, siga-nos e curta-nos
0