Cachorrinho brincando com um gatinho em um fundo branco

Cachorro e gato podem conviver bem?

Queremos que nossos pets se deem bem, assim como desejamos harmonia entre nossos filhos humanos, não é mesmo? Porém, animais têm instintos mais aflorados e sabemos que nem sempre é possível dominar algumas características. Nesse cenário, quando resolvemos criar cães e bichanos juntos, bate aquela dúvida: cachorro e gato podem conviver bem?

Na verdade, gato com cachorro pode, sim, resultar em uma linda relação de amor. No entanto, esse afeto fica submetido à personalidade dos bichos.

Ou seja, às vezes, tal combinação realmente não funciona. Contudo, existem muitas medidas para estimular a camaradagem entre esses pets. Quer saber mais? Então veja neste post como ter cachorro e gato em casa numa boa!

Entenda por que eles brigam

Conviver com cachorro e gato é complicado, na maior parte das situações, por causa de desavenças territoriais. Desse modo, um animal que passa a ser obrigado a morar com o outro sente que teve a sua área invadida.

Por causa dessa sensação, gato com cachorro realmente pode ser uma mistura explosiva. Porém, com respeito às diferenças de cada um deles, é possível que eles fiquem amigos.

Nesse sentido, é bom lembrar que cães são brincalhões e têm muita força. Já os felinos são mais reservados, ariscos e contam com garras afiadas. Por causa dessas peculiaridades, os primeiros contatos têm de ser feitos sob a supervisão dos donos.

Veja como aproximar cachorro e gato

Cachorro e gato podem conviver sem problemas com alguns pequenos cuidados. Observe mais algumas dicas:

  • Castre os cães e os gatos para diminuir as atitudes agressivas;
  • Deixe os gatos e os cães em áreas separadas até que eles se familiarizem;
  • Leve objetos do gato para o cão e vice-versa antes do primeiro contato visual. Dessa forma, eles sentirão o cheiro um do outro, e o estranhamento será menos intenso;
  • A aproximação física e visual deve ser feita aos poucos, controlando a circulação do animal mais novo na casa. Assim, o pet que está na família há mais tempo se sentirá menos ameaçado;
  • Ao apresentar um cão a um gato de estimação, mantenha o cachorro na coleira. Se o cachorro for o pet mais antigo, não deixe o felino solto por causa da dominação territorial que explicamos no tópico anterior;
  • A alimentação do bichano deve ser feita em locais diferentes de onde o cão come. Quando um animal pode pegar a comida do outro, são enormes as chances de desentendimentos.

Descubra o que não fazer

Se você decidiu mesmo que vai criar gato com cachorro, é bom se preparar antes de eles se encontrem. Nesse sentido, lembre-se de que os animais são muito sensíveis ao comportamento dos humanos.

Diante disso, se você demonstrar muita preocupação e medo, ficará um clima tenso no ar, o que prejudica o bem-estar dos pets. Esse desequilíbrio é facilmente captado por eles. Desse modo, mantenha a calma e fale com uma voz suave enquanto promove os primeiros contatos.

Mais uma dica: a caixa de areia do felino deve ser intocável para o cão. Afinal, isso pode comprometer a saúde do cachorro, que pode comer as fezes do gatinho. Além disso, ao ver o cão mexendo no seu “banheiro”, o gato certamente ficará irritado ou acuado.

Aposte em soluções inovadoras

Garantir uma boa relação entre cachorro e gato não apenas é viável, como também bastante comum. Isso é tão verdade que não faltam vídeos na internet que mostram a beleza dessa amizade.

Por isso, nós da NF Pet desenvolvemos um acessório especial com muito carinho para famílias que adotaram os dois tipos de bichinhos de estimação.

Trata-se do Portão Duo Plus, que mantém animais de grande porte isolados de um ambiente, mas, ao mesmo tempo, permite a circulação dos pets menores pela casa. Além de cães e gatos, ele atende a cães de diferentes portes. Veja algumas das vantagens do nosso produto:

  • A instalação não exige perfurações em batentes nem portas;
  • Atende a vãos de 80 cm sem necessidade de extensores;
  • É revestido com tinta epóxi com elevada resistência;
  • É fabricado com aço carbono;
  • Pesa apenas 6,1 quilos;
  • Está disponível nas cores preta, branca e marrom (exclusividade da nossa marca).

Bom, como você já deve ter notado, cachorro e gato podem conviver numa boa. No entanto, será necessário ajudá-los a dividir o território, os brinquedos e o amor da família.

Com o suporte do Portão Duo Plus, o gato terá como escapar se o cãozinho tentar atacá-lo. Assim, o estresse entre eles diminuirá bastante. Ficou interessado? Então entre em contato no site da NF Pet.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Por favor, siga-nos e curta-nos
0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *