cão destruindo tudo

Meu cão está destruindo tudo, o que eu faço?

Depois de identificar o problema, chegou a hora de resolvê-lo. Conheça as suas opções.

Semana passada nós trouxemos para vocês as razões que levam o seu pet a ter esse comportamento destrutivo. Os motivos podem ser simples, como maus hábitos, ou mais complexos, como problemas médicos. O importante é que, até que sejam resolvidos, você deve uma forma de proteger os seus móveis.

       1. Proteja o ambiente

Tire objetos pequenos do alcance do seu cachorro. Proteja quinas de moveis e pés de cadeiras e mesas. Como? Passe um desses repelentes de gosto amargo, que vendem em pet shops, para evitar que o cão morda seus moveis. Estes sprays repelentes devem ser reforçados diariamente no local.

Além disso, você pode usar cercados ou canis para a contenção. Eles limitam a área de acesso do seu cachorro e você pode ficar mais tranquilo, caso ele fique sozinho. Você encontra diversas opções no mercado que podem ser incorporadas ao ambiente em que forem instaladas facilmente.

      2. Crie uma válvula de escape

O seu cão pode ter uma energia muito grande que, se não gasta da forma correta, acarretará no ataque aos móveis. Por isso, deixe sempre um osso e um brinquedo de morder. Assim, ele preferirá morde-los, isso aliviará a tensão dele.

      3. Use os brinquedos como aliados

Conhece aqueles brinquedinhos de colocar comida? Se tiver dificuldade em comprar, pode usar uma garrafa pet com um furo por onde saia a comida para ele. Esse é um excelente exercício mental que fará seu cãozinho relaxar por horas, mesmo que ele tire toda a comida em 10 ou 15 minutos, o que realmente importa é o tanto que ele pensou para conseguir tirar tudo.

Uma dica, no caso dos filhotes, é revezar dois brinquedinhos de morder, deixando um à disposição dele e outro no congelador. O brinquedo geladinho ajuda a aliviar o desconforto na gengiva causado pela troca de dentes.

     4. Ajustes comportamentais

Viu que o seu cachorro começou a roer algum móvel? Contenha sua vontade de falar “não” ou de chamar a atenção verbalmente. Pois é, ela é pouco eficaz e só lhe trará um estresse desnecessário. Quando ele parar e se afastar, jogue o brinquedo de morder ou osso para ele. Se ele insistir em morder após o som, pegue-o com delicadeza pela pele da nuca e dê uma leve sacudida para que ele entenda que foi corrigido, quando ele se afastar ofereça o brinquedo de morder ou osso.

     5. Estimule seu cachorro fisicamente

É muito importante para o seu pet que você passe um tempo com ele. Qual a melhor forma? Leve-o para passear diariamente e, de preferência, três vezes por dia. Isso irá evitar que a ansiedade se acumule, diminuindo a mordedura.

Apesar do convívio com os humanos, é bom lembrar que os cachorros não sabem nada sobre as nossas regras e quanto custou uma cadeira. Por isso, cabe ao dono instruí-lo. Essa tarefa requer paciência e persistência.

Lembre que seu amigo animal não quer aborrecê-lo intencionalmente, apenas segue seu instinto. Então, tenha calma e faça os ajustes necessários para que todos fiquem felizes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *