Não aguenta mais o seu cachorro destruindo seus móveis?

Não aguenta mais o seu cachorro destruindo seus móveis?

Meu sofá! Ninguém gosta de chegar em casa e encontrar seus móveis mordidos e arranhados. Entenda por que isso acontece.

O amor pelos pets é incondicional. Mas esse sentimento é testado quando eles decidem destruir toda a casa. Esse problema comportamental, na verdade, pode ter vários motivos. Ao entendê-los, você poderá evitar essa prática e encontrar a paz com seu bichinho.


  • Falta de estímulos físicos e mentais

Muitos dos cachorros ficam dentro de casa e isso pode fazer com que eles se sintam entediados, frustrados, ansiosos e sozinhos. Parece algo “bobo”, mas é, provavelmente, a razão mais comum para esse comportamento.

Ou seja, eles têm uma energia muito grande, principalmente quando filhotes, e precisam gastá-la de alguma forma. Uma forma de resolver isso é reservar um tempinho para passear ou brincar com o seu pet.

  • Falta de opções para distração

A verdade é que os cachorros amam brincar e interagir com o ambiente. Isso é ótimo, em teoria, mas pode ser bem incômodo quando ele decide que uma almofada parece um bom brinquedo.

O conselho aqui é que você desvie o foco do seu pet. Mas como? Você deve oferecer uma opção mais interessante para ele através de brinquedos com texturas e odores agradáveis para ele.

  • Fome

Se o seu cachorro teve alguma alteração na alimentação ou sofre algum problema de saúde relacionado ao metabolismo, ele pode morder os objetos para compensar a deficiência de alguma substância ou sabor. Além disso, o uso de alguns medicamentos também pode aumentar o apetite. Agora, se existe um objeto em particular que seja o alvo do pet ele talvez goste da textura e do gosto do mesmo.

  • Problemas comportamentais

A ansiedade animal é um problema real e pode ser intensificada quando há a separação do dono. Ou seja, quando o cachorro estiver sozinho, ele morderá os objetos por sentir-se isolado.

Depois, lidamos com os medos do animal. Quem tem cachorro sabe como eles tentam encontrar locais de saída e arranham portas ao ouvir sons, como fogos de artifício, trovões e chuva

Por fim temos a doença compulsiva. É possível que o comportamento de morder, cavar, destruir, se for muito exagerado, seja considerado um transtorno compulsivo. Só o profissional vai poder dizer.

  • Maus hábitos

Quando você ver que seu cachorro está mordendo algum móvel, para que a punição funcione, ela precisa acontecer pouquíssimos segundos após o comportamento inadequado. Além disso, ela deve ser intensa o suficiente para que impeça que o animal consiga evitar a situação. Por fim, não a personifique, ou seja, não deve ser associada a uma pessoa.

Quanto ao reforço, aumenta a probabilidade daquela resposta ocorrer. Então, quase sempre, quando damos atenção ou brigamos com nossos cachorros quando eles destroem alguma coisa em casa, acabamos, sem querer, fazendo com que o comportamento aconteça ainda mais.

  • Marcação de território

Os cães tentam proteger seu território e marcá-lo o tempo todo, seja arranhando, mordendo ou urinando. Isso pode ser inconveniente não só para você, mas há formas de minimizar o problema. Para ajudar, leia nossa matéria sobre como utilizar o cercado para evitar que seu pet faça xixi no local errado.

  • Outros problemas médicos

Alguns problemas médicos que podem estar ligados a esse comportamento são: problemas bucais, como irritação na gengiva; problemas gastrointestinais; problemas neurológicos; problemas metabólicos, especialmente se bebe muita água e faz muito xixi, come muito, perdeu peso, etc.

Boa parte dos motivos estão ligados a atenção que os donos reservam para os seus pets. Então tire alguns minutinhos do seu dia para demonstrar como você se importa com eles. Além de melhorar sua relação, evitará esse significativo transtorno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *