idade do gato

Descubra a idade do gato e faça a correspondência com a humana

Muitos clientes de veterinárias e de pet shops têm curiosidade em saber como decifrar a idade do gato. Além disso, é comum que os donos perguntem sobre a correspondência em anos para o padrão humano. Afinal, isso permite estimar o tempo que esse pet ficará com a família.

Tal dúvida geralmente surge quando os tutores encontram o gatinho na rua ou então quando decidem adotar o pet em uma ONG. Para os profissionais veterinários, conhecer a faixa etária é indispensável para planejar os cuidados.

Desse modo, o bichano crescerá de forma saudável, além de ter o bem-estar animal assegurado. Que tal recordar um pouco sobre a contagem da idade do gato? Então acompanhe nosso post!

Verifique os dentes

Os dentes são um dos mais relevantes sinais do gato para descobrir a idade. Por exemplo: quando os dentinhos de leite começam a nascer, o filhote está com aproximadamente 2 semanas.

Assim que essa primeira leva de dentição se forma integralmente, o pet deverá completar a oitava semana. Dessa forma, ao trocar os dentes de leite pelos permanentes, o felino terá cerca de 6 meses.

Além disso, quando ele conta com os dentes branquinhos, a idade é perto de um ano. Na etapa na qual vão aparecendo manchas amareladas — tártaro —, o bichano fará 2 anos.

Já nas situações em que há muito tártaro sobre os dentes, o gato terá entre 3 e 5 anos. Porém, ao notar desgastes mais severos, é provável que a faixa etária oscile entre 5 e 10 anos. Por sua vez, os gatos passam a perder os dentes definitivos entre os 10 e os 15 anos.

Avalie os pelos

Mesmo não sendo um jeito muito exato de desvendar a idade do gato, os pelos também são referência. Isso porque, conforme os bichanos vão ficando mais velhos, eles perdem o brilho da pelugem. Tal fenômeno costuma acontecer por volta dos 6 anos.

Desse modo, aos 13, o felino já apresenta fios brancos no focinho, perto do bigode de gato.

Compare a idade do gato com a das pessoas

Quando o assunto é a idade do gato, existem boatos de que 7 anos felinos seriam correspondentes a um ano de vida de uma pessoa. Contudo, essa não é uma proporção correta.

O desenvolvimento dos felinos nos primeiros meses de vida é muito mais acelerado do que o nosso. Por essa razão, em cada fase do crescimento, a proporção entre as idades das pessoas e dos bichanos vai mudando. Veja o que acontece nas principais fases:

Recém-nascidos

Os gatinhos nascem com os olhos fechados e sem a audição. Por sua vez, os bebês, ao nascerem, já têm orelhas e olhos completos. Assim, nesse ciclo de vida, 7 dias do gato são iguais a um mês de um ser humano.

Primeiros meses

Mais uma diferença é sobre a formação odontológica. Desse modo, nos 15 dias de um bichano aparecem os primeiros dentinhos. No entanto, nos recém-nascidos humanos, isso só acontece por volta de 6 meses. Assim, nesse estágio da vida, um semestre de um neném são iguais a 15 dias de um gato.

Idade do gato em um trimestre

Quando alcançam os 3 meses, os felinos correm, saltam, escalam e caçam. Porém, uma criança só terá autonomia para se locomover a partir dos 2 anos. Diante disso, nessa etapa, 3 meses de um felino correspondem a 2 anos de uma pessoa.

Adolescência

Outro ponto que torna a comparação difícil é a sexualidade. Entre 6 e 8 meses, os gatos já têm uma vida sexual ativa.

Todavia, os humanos costumam a iniciar a puberdade a partir dos 12 anos. Nesse contexto, um semestre de gato pode equivaler a 12 anos humanos, chegando até 15, em alguns casos.

Amadurecimento e velhice

Depois disso, a diferença volta a diminuir. Dessa forma, nesse estágio do desenvolvimento, cada ano de um gatinho corresponde a quatro anos da gente.

Ou seja, quando o felino completar 4 anos, será como se chegasse aos 32 anos na contagem dos humanos. Ao atingir os 10 anos, o bichano teria cerca de 40 anos se fosse uma pessoa.

Por tudo isso que acabamos de falar, descobrir a idade do gato dá um certo trabalho, ainda mais para fazer a equivalência humana.

Afinal, bichanos e gente crescem em ritmos muito diferenciados. Por esse motivo, é necessário levar em consideração esse descompasso ao fazer a conta.

E você? Que tal revisar mais um pouco sobre a faixa etária dos nossos amigos de quatro patas? Então leia também nosso post sobre a idade do cão!

Por favor, siga-nos e curta-nos
0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *