técnicas de vendas -vendas pet shop

7 técnicas de vendas para o seu pet shop

Aplicar técnicas de vendas no pet shop traz mais profissionalismo para a equipe comercial. Assim, alavancar a performance do negócio começa a ganhar contornos mais concretos.

Afinal de contas, os tutores amam seus filhos de quatro patas e procuram muito mais do que bons produtos. Nesse contexto, o consumidor pet hoje busca dicas de cuidados, novidades da área, produtos resistentes, bonitos, funcionais e, é claro, que tenham preços atraentes.

No entanto, não adianta oferecer tudo isso se a equipe de vendedores estiver despreparada. Quer conquistar novos clientes e fidelizar os atuais? Então venha conhecer 7 incríveis técnicas de vendas para pet shop! Acompanhe!

O que são as técnicas de vendas?

As técnicas de vendas são mecanismos para usar as necessidades dos clientes a favor do negócio. Com esses recursos, o time conquista um atendimento customizado, adaptado para cada consumidor.

Assim, a loja constrói uma metodologia para o relacionamento com o público. Como consequência, se torna mais simples aumentar as chances de fechar bons negócios.

Como essas táticas ajudam o comércio no mercado pet?

O mercado pet apresenta curvas de crescimento constante nos últimos anos, sendo que nem mesmo a pandemia mudou essa tendência. Por outro lado, a competitividade comercial nesse ramo também tem aumentado.

Nesse contexto, as técnicas de vendas representam importante oportunidade para estreitar os laços com seu público e, ao mesmo tempo, impulsionar o faturamento da loja.

Mas não é só isso. As técnicas de vendas mexem com o brio e o entusiasmo dos vendedores. Dessa forma, essas estratégias auxiliam a gestão a motivar os funcionários do pet shop.

Isso acontece porque essas táticas apresentam resultados visíveis e rápidos. Além disso, ao usar  as técnicas de vendas no dia a dia, o estabelecimento alcança um padrão de qualidade para seu atendimento.

Quais são as 7 melhores técnicas de vendas para pet shop?

As técnicas de vendas ajudam a colocar o lado emocional dos clientes e suas expectativas a favor dos negócios. Dessa maneira, com tais metodologias, é possível explorar melhor as necessidades de consumo e o enorme desejo dos tutores de fazer seus pets mais felizes e saudáveis. Quer aprender como aplicar essas ferramentas na sua loja ou rede? Então veja a seguir 7 técnicas de vendas incríveis!

1. Aposte no cross selling

Por meio do cross selling, o vendedor instiga o cliente a comprar outros produtos, que sejam complementares ao item que o consumidor já quer levar. Por exemplo: se a pessoa está adquirindo uma coleira de cachorro, o atendente aproveita para oferecer uma guia longa.

Nesse caso, o profissional de vendas faria uma abordagem mais ou menos assim: “Que ótima compra, essa coleira está com um bom preço e tem uma elevada saída. O pessoal gosta muito. Mas o que acha de levar uma guia longa também? Assim, o pet pode correr sozinho enquanto você descansa no banco da pracinha do bairro”.

2. Aproveite o método up selling

Já na técnica de vendas up selling, o vendedor desenvolve habilidades para perceber quando pode apresentar um produto mais caro daquele que o cliente imaginou adquirir. Vamos a um exemplo prático: o consumidor quer uma tigelinha de ração e um pote de água.

Nesse caso, o funcionário do pet shop disponibiliza uma mercadoria de maior valor agregado, como um comedouro “dois em um”, com recipientes para a água e a comida acoplados em um suporte. Esse tipo de abordagem é o que chamamos de up selling e é excelente para ampliar o ticket médio e o faturamento.

3. Estimule as vendas recorrentes

Mais uma estratégia interessante é incentivar as vendas regulares, isto é, que acontecem várias vezes. Para isso, uma ideia é criar um pacote de banho e tosa que seja mais econômico do que contratar o serviço de modo avulso.

Isso faz com que haja receita constantemente, o que dará alívio para o fluxo de caixa e também pode ser o caminho para impulsionar as vendas.

4. Trabalhe as objeções do consumidor

Sabe aquela hora que o cliente diz: “é muito caro”, “agora acho que não preciso” ou simplesmente fica na dúvida sobre o que fazer? Nesse momento, o time da loja deve estar pronto para a contra-argumentação, sempre com muito cuidado. Afinal, a regra que diz “o cliente sempre tem razão” continua valendo.

Assim, prepare-se para rebater eventuais críticas ao produto de modo empático, sorridente e sem excessos na insistência.

5. Desperte o sentimento de urgência nas redes sociais

Mais uma opção que costuma fazer sucesso nas técnicas de vendas é criar um clima de urgência. Desse modo, você pode realizar campanhas nas redes sociais, como Facebook e Instagram, com promoções-relâmpago.

Por exemplo: conceda 10% de desconto em um modelo de comedouro para cachorro para os primeiros dez clientes que compartilharem ou curtirem o produto. Isso tem um efeito incrível: fornece mais visibilidade na internet, melhora a relação com o público e realmente tem impacto positivo na performance comercial.

6. Exponha as mercadorias com estratégia

A maneira como o lojista organiza seus itens nas prateleiras e expositores faz muita diferença na hora de vender. Nesse sentido, os produtos corriqueiros, como ração, shampoo e remédio, devem estar fáceis de serem encontrados.

Afinal, quase todo mundo tem pouco tempo hoje em dia. Por isso, evite muita confusão na disposição das coisas. Nesse sentido, uma boa dica é colocar letreiros suspensos no teto, iguais àqueles que vemos em supermercados.  

Dessa forma, o cliente verá de modo rápido onde estão os principais setores como “Ração”, “Brinquedos”, “Acessórios” etc.

Mais um conselho: as prateleiras que ficam na altura dos olhos dos clientes são como o horário nobre da televisão. Ou seja, tudo que estiver lá tende a ter maior atenção do público. Diante disso, é preciso pensar muito bem em quais produtos você vai colocar nesse ilustre espaço!

7. Conte com bons fornecedores

Mais uma entre as técnicas de vendas — provavelmente a melhor — é contar com produtos para pet shop resistentes, seguros, anatômicos e funcionais.  Desse modo, de nada adiantam tantos esforços se suas mercadorias não forem boas. Para isso, é preciso contar com fornecedores confiáveis, tanto em qualidade dos itens como em cumprimento de prazos.

Esse tipo de cuidado vale para qualquer segmento, mas é ainda mais importante para o setor pet. Afinal de contas, você sabe: os tutores são loucos por seus filhos peludos e só querem o melhor para eles!

Portanto, não basta querer melhorar o desempenho do negócio. É preciso arregaçar as mangas e fazer acontecer. Nesse contexto, as técnicas de vendas são grandes amigas.

Assim, por meio delas, é possível aumentar o ticket médio, os lucros e a fidelização dos clientes. Quer saber mais estratégias de negócios na área de animais domésticos? Então leia também nosso artigo com 4 dicas de marketing para pet shop!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *